Alemã desenvolve a máquina que faz tudo

jan - 14
2022

Alemã desenvolve a máquina que faz tudo

Equipamento agrícola prepara solo, planta, pulveriza e colhe sem precisar de outras

Imagine ter apenas uma máquina e ela fazer tudo o que o produtor precisa no campo? Essa tecnologia já foi inventada. A marca alemã Nexat combina uma grande variedade de máquinas agrícolas em um único sistema. Com isso o equipamento faz desde preparo de solo, plantio, faz aplicações de defensivos e realiza a colheita.

Com o que chama de “revolução próxima” a máquina foi uma das grandes premiadas na Agritechnica 2022, maior feira do mundo de tecnologia e engenharia agrícola, que ocorre em Hannover, no norte da Alemanha.  Na Nexat-Systemtraktor as ferramentas para o trabalho na lavoura são transportadas em vez de serem puxadas como de costume e para trocar de módulo/função uma pessoa consegue fazer sozinha, em menos de 10 minutos. Isso aumenta a eficiência em comparação com combinações de tratores. Na versão de 14 metros, 95% de toda a área cultivável nunca sofre compactação, devido ao sistema, que abre um alto potencial de rendimento com boa proteção do solo e do meio ambiente, além do peso da máquina ser menor, até 40% menos

A máquina de trabalho foi concebida como autônoma, sem operador, com um sistema de sensores que avaliam o ambiente e uma cabine que pode ser girada em 270° para monitoramento do processo. Também é possível ter a condução manual do veículo durante o transporte. Os dispositivos integrados são acomodados entre as quatro grandes unidades de fita alimentadas eletricamente, que podem ser giradas 90° para viagens na estrada. A máquinaa é elétrica. Atualmente, os geradores são alimentados por dois motores diesel de 550 cv, controlados de forma independente, mas o sistema já está preparado para operação com célula a combustível, com hidrogênio verde. Com isso as emissões de CO2 são 50% menores.

Com o módulo de colheitadeira integrado, a máquina atinge rendimentos de grãos de 130 a 200 toneladas/hora. Com o novo conceito de debulha, é utilizado um rotor axial de 5,8 m de comprimento, disposto transversalmente ao sentido de marcha. Isso atinge cerca de duas vezes o desempenho de debulha das máquinas convencionais e cria as condições para uma distribuição uniforme de palha com dois picadores, mesmo com uma largura de corte de 14 m.

Um armazenador de grãos de 36 m³ está disponível para que a colheitadeira não precise de um veículo de carga acompanhando. A taxa de descarga alta faz com que o processo leve apenas cerca de um minuto. 

Fonte : Assessoria Imprensa