Consumo de Combustível em Carregadeiras

jun - 29
2020
CONSUMO COMBUSTÍVEL CARREGADEIRAS

Consumo de Combustível em Carregadeiras

1.Verifique os pneus

Pneus que estão mal calibrados levam o motor a forçar mais para girar, elevando o consumo.

Busque um calibrador aferido para manter os pneus de sua máquina, com a pressão adequada a aplicação, conforme indica o manual.

Esse processo de calibragem precisa ser efetuado a cada 7 dias para manter a eficiência de seu equipamento. Os pneus devem estar frios.

Um pneu calibrado com a pressão errada pode representar de 1,5% a 3% mais consumo.

O valor pode parecer baixo, mas, no fim do mês, com certeza fará diferença no orçamento.

Para saber qual é o nível de calibragem ideal de sua carregadeira e de quanto tempo deve ser realizada, basta observar o manual de operação da máquina.

Evite patinagens, porque o pneu ao escorregar demanda potencia do motor e consequentemente consome combustível.

2.Opere sempre a uma velocidade constante

De acordo com uma das leis da física, a inércia é a resistência que a matéria oferece à aceleração. Transferida para a rotina das obras, esse princípio recai sobre a velocidade do veículo (seja ele para mais ou para menos).

Tanto a aceleração quanto a frenagem acarretam esforço e desgaste dos componentes do motor e aumentam o consumo de combustível. Portanto, a direção econômica é aquela que mantém a mesma rotação — a mesma marcha engatada — por mais tempo.

Para compreender isso com facilidade, lembre-se de quando uma carregadeira termina uma descida e consegue correr por um longo trecho plano sem que seja preciso pisar forte no acelerador ou aumentar o giro do motor.

Considere que, quanto mais você forçar o motor, mais combustível ele consumirá.

3. Olho no valor do combustível

Você precisa ficar atento à qualidade do combustível utilizado para abastecer sua máquina.

Sabe aquele posto que está cobrando o litro do combustível muito abaixo da média? Fique de olho nele.

Combustível “batizado” (com água, solventes, etanol ou outro produto) interfere muito no consumo de sua carregadeira.

Além disso, acaba prejudicando o motor, pois as maquinas toleram rodar com 12% de biodiesel dentro do diesel, e não acima disso.

Quando a quantidade é aumentada, o equipamento começa a engasgar, assim como acontece quando é adicionada água ao combustível.

O diesel “batizado” tem baixa capacidade calorifica o que leva ao baixo desempenho do motor. A condensação de água no escape provoca oxidação, o que reduz sua vida útil.

4Machines recomenda sempre;

– Efetuar a manutenção preventiva com troca periódica dos filtros de combustível

-Utilizar filtros com separador de água

-Sempre verificar o reservatório de água do filtro

-Realizar periodicamente a “sangria” do reservatório

4. Filtros precisam estar limpos

É importante manter os filtros de ar e de combustível em dia.

Se o cuidado não for seguido, pode haver entupimento, fazendo com que o motor se esforce mais e acabe consumindo mais combustível.

Ou seja, uma boa forma de aprender a economizar combustível é fazer as trocas como manda o manual de serviços.

Invista em treinamento

O treinamento periódico é um investimento no ponto mais importantes de qualquer empresa: os operadores. Esse tipo de prática melhora a condução das carregadeiras e remove velhos hábitos de condução que aumentam o consumo dos equipamentos.

Profissionais bem-instruídos podem ajudar a economizar até 10% em combustível. Além disso, o ganho é bem maior, pois abrange aspectos como segurança (do próprio condutor e de terceiros) e conservação das máquinas.

E então, o que achou das dicas para diminuir o consumo de combustível mencionadas ao longo deste artigo? Coloque-as em prática agora mesmo para aumentar a eficiência da sua frota, gerar economia e aumentar o nível de competitividade da sua empresa perante a concorrência!

Se você gostou deste conteúdo, curta nossa página no Facebook para ficar por dentro de novidades!

Fale com o Whatsapp