Link-Belt completa nove anos de atuação no Brasil

maio - 12
2020
edifício da LBX Brasil

Link-Belt completa nove anos de atuação no Brasil

Em abril de 2011, a inauguração da filial da LBX do Brasil, em Sorocaba, SP, foi o ponto de partida do que viria a ser uma trajetória bem sucedida no país.

Em nove anos, a companhia mostrou que carrega consigo um legado centenário em desenvolver produtos inovadores, capazes de assegurar maior produtividade, afirma Camila Bengozi, responsável pelo RH da Link-Belt no Brasil.

Prova disso, explica a executiva, foi o lançamento recente da série de escavadeiras X3E para América Latina, que reúne modelos que combinam alta produção com baixo consumo de combustível, e as mais de 600 escavadeiras que operam hoje em território brasileiro.

E como inovação e evolução fazem parte da história da Link-Belt desde o começo, a comemoração de mais um ano no Brasil veio acompanhada pelo anúncio dos novos valores e âncoras estratégicas da companhia.

“Após muitos estudos, análises e trabalho em equipe, novos conceitos foram definidos, buscando trazer de maneira única questões essenciais para o constante crescimento e sustentabilidade da empresa”, conta Camila.

A executiva lembra que a definição dos conceitos foi iniciada há mais de um ano, na matriz da LBX Company, nos Estados Unidos, e incluiu a contratação de uma empresa especializada no assunto.

Além disso, o processo também contou com a participação de todos os colaboradores da Link-Belt no Brasil.

“Juntos, os novos valores e âncoras estratégias ajudarão a nortear nossas ações e decisões em relação ao mercado e possibilitarão que a nossa marca, bem como as operações de nossos clientes, continuem a crescer”, finalizou.

No mês de abril, a empresa também completou-se 10 anos desde que a LBX Company se tornou subsidiária integral da japonesa Sumitomo Construction Machinery Co., Ltd., uma das principais fabricantes de escavadeiras hidráulicas do mundo.

Estrutura
Situada em Sorocaba, SP, local estratégico que fica próximo aos principais polos logísticos do país, a filial da LBX no Brasil conta com um Centro de Distribuição de peças e um depósito com uma infraestrutura moderna e com alta capacidade de armazenagem e logística, dentro de rígidos padrões de segurança.

O armazém da companhia reúne cerca de 60 mil itens em estoque, incluindo peças originais Link-Belt e Isuzu, em uma área útil de 1.500 m².

Além da unidade, a companhia também atua por meio de distribuidores independentes espalhados por toda América Latina, que foram treinados pela fábrica para atender as necessidades dos clientes da marca.

Matheus Fernandes, gerente geral da operação Link-Belt na América Latina, conta que o escritório brasileiro é o grande responsável por gerenciar e auxiliar grande parte das operações latino-americanas.

“Acreditamos que um relacionamento sólido e transparente entre todos é fundamental para o fortalecimento da marca Link-Belt. Temos trabalhado arduamente neste sentido e já estamos colhendo bons frutos. A Conexpo 2020, que aconteceu recentemente em Las Vegas, foi prova disso: nesta edição, recebemos a visita de nove de nossos distribuidores, totalizando 30 pessoas de diferentes países.”, diz.

Fale com o Whatsapp