JCB celebra 750 mil retroescavadeiras fabricadas em todo o mundo

mar - 10
2020
JCB-Backhoe

JCB celebra 750 mil retroescavadeiras fabricadas em todo o mundo

Uma das maiores fabricantes globais de equipamentos para construção, a JCB celebra neste mês um período histórico em sua linha de produção.

Há quase 70 anos como referência em retroescavadeiras em todo o mundo, a montadora inglesa fabricou a sua máquina de número 750 mil na fábrica de Rocester, Staffordshire, onde a primeira retroescavadeira JCB foi construída.

O projeto da primeira retroescavadeira, que combina uma pá dianteira e um braço traseiro de escavadeira, foi concebido em 1953 por Joseph Cyril Bamford, fundador da JCB.

No primeiro ano de produção 35 máquinas foram comercializadas, e levou mais de 20 anos para as primeiras 50.000 serem produzidas. Atualmente, a JCB fabrica retroescavadeiras no Reino Unido, Índia, Brasil e EUA.

“Assistir nossas primeiras retroescavadeiras sendo produzidas em Rocester são algumas das minhas primeiras lembranças de infância: é incrível pensar que já fabricamos 750 mil máquinas”, revela o presidente da JCB, Lord Bamford.

“O mais incrível é que a retroescavadeira continua sendo um dos equipamentos para construção mais populares do mundo, após quase sete décadas da produção da primeira máquina. É realmente uma prova da versatilidade, sua popularidade continua firme e a retroescavadeira continuará a prosperar no futuro”.

Segundo Bamford, o modelo 750.000 é uma edição especial da mais recente retroescavadeira, a JCB 3CX, recebeu uma pintura exclusiva e uma especificação abrangente.

Apesar de sua maturidade, a retroescavadeira continua extremamente popular em termos de vendas globais de equipamentos de construção, mesmo que produtos novos e competitivos tenham evoluído nos últimos 67 anos.

“E a retroescavadeira icônica da JCB é a mais vendida no mundo: domina o mercado que originou há 19 anos consecutivos”, complementa.

História
A primeira retroescavadeira da empresa foi a JCB Mark I, e o conceito literalmente mudou o mundo, com a mecânica de trabalho que anteriormente era feita à mão.

O produto se desenvolveu rapidamente, com o lançamento da Hydra-Digger, em 1956. Essas duas primeiras máquinas vieram em azul e vermelho, e foi somente em 1960, com o lançamento da mais pesada e mais poderosa JCB 4, que a marca amarela da JCB teve origem.

A JCB 3 começou a ser produzida em 1961, seguida pela JCB 3C, em 1963, e pela JCB 3CI,I em 1967, um modelo que resistiu à força do tempo e se manteve em produção por 13 anos.

Em 1980, houve um momento real de virada com um investimento, na época, de 24 milhões de libras, para o lançamento da tecnologicamente avançada JCB 3CX, a máquina que se tornou um ícone de retroescavadeiras em todo o mundo, explica o executivo.

“O lançamento foi o verdadeiro catalisador do crescimento das vendas de retroescavadeiras e da JCB”, diz.

Nos dias atuais, a geração atual de retroescavadeiras apresenta implantação automática de estabilizadores em solo desnivelado, um sistema Smooth Ride que amortece a carregadeira e melhora a retenção da carga carregada, além de um recurso de Bloqueio de Torque que reduz o consumo de combustível na estrada em até 25%.

“O mais recente marco na produção de retroescavadeiras ocorreu depois que a JCB comemorou a fabricação de sua 500.000ª retroescavadeira em dezembro de 2012, uma 5CX, a retroescavadeira comercial mais poderosa já produzida pela líder de mercado”, finaliza.

Fale com o Whatsapp