DICAS PARA REDUZIR CONSUMO DE ENERGIA

jul - 30
2019
Redução consumo energia

DICAS PARA REDUZIR CONSUMO DE ENERGIA

1. Aproveitar ao máximo a luz e ventilação natural

Concedidos gratuitamente pela natureza, o vento e a luz solar podem e devem ser utilizados e valorizados. Invista no máximo de janelas para o ambiente, de preferência de vidro, otimizando a iluminação. Para ajudar ainda mais a refletir essa luz no ambiente, o ideal é manter as paredes pintadas com tons mais claros, por exemplo.

O que ainda é uma barreira em algumas empresas, mas também é de grande valia para melhor utilizar a ventilação e iluminação naturais e até facilitar a comunicação entre os funcionários, é diminuir divisórias e algumas paredes. Ações como essa fazem parte de um planejamento geral de melhor aproveitamento de recursos naturais dos espaços na empresa, tornando possível também reduzir consideravelmente o uso do ar-condicionado, que pode ser um grande vilão do desperdício energético.

2. Substituir as lâmpadas

O uso de lâmpadas mais econômicas é uma das ações mais importantes quando se fala na redução do consumo de energia elétrica não apenas em empresas, mas também em residências. Todos nós já ouvimos falar que a lâmpada de LED era o melhor modelo pra nossa casa, certo? No caso da sua empresa o cenário é o mesmo, aliás, potencializado!

A lâmpada de LED, de fato, possui um consumo de energia muito menor quando comparada com várias outras presentes no mercado. Além disso, este tipo de lâmpada tem uma maior durabilidade, excelente relação custo x benefício e é bastante conhecida por seu caráter sustentável.

É ideal que se faça uma pesquisa detalhada sobre o tipo de iluminação ideal para cada ambiente e, com isto, se organize as lâmpadas e luminárias de acordo, o que traz não apenas economia, mas também melhora o bem estar dos funcionários.

3. Evitar horários de pico (se possível no seu negócio)

É após o conhecido “horário comercial”, em que a maior parte da população no país vai para sua residência, deixando de utilizar a energia elétrica no trabalho e passando a fazer isso em casa. Assim, entre as 17h e às 21h, é considerado o horário de pico no Brasil. Durante esse período, se atinge o auge do consumo elétrico, causando, assim, uma elevação nos preços das tarifas.

É uma boa prática, para negócios com essa possibilidade, evitar esse intervalo de horário de pico e não estender o funcionamento da empresa ou dos funcionários para além desse limite.

4. Buscar conscientização dos funcionários

Mais importante do que passar uma cartilha ou fazer uma palestra, é iniciar uma mudança gradativa e efetiva na cultura organizacional. Contar com colaboradores conscientes e empenhados na redução do consumo de energia é essencial. Ações de engajamento neste tipo de campanha refletem uma transformação cultural, e dentro de uma empresa isso não é diferente.

Deve-se promover a informação e incentivar ideias de consumo consciente entre os funcionários, assim como avaliar com a equipe que tipo de atitudes precisam ser modificadas, visando evitar desperdícios. Esse fator é de grande relevância para sustentar as demais ações tomadas, tendo em vista a importância dos funcionários como um time para a empresa.

5. Estar atento à manutenção dos equipamentos

Muitas pessoas já tiveram em casa aquela geladeira antiga que funcionava razoavelmente bem, mas era a grande responsável pelo aumento na conta de luz. Já em uma empresa, a quantidade de equipamentos utilizando energia elétrica é proporcional ao que é cobrado. Assim, imagine o cenário de ter equipamentos antigos e com mal funcionamento, prejudicando o plano de redução do consumo de energia elétrica.

Desta forma, manter a atenção redobrada aos equipamentos presentes na empresa, realizar manutenções preventivas e substituições quando necessário são boas práticas neste contexto, sendo um fator importante para manter o consumo consciente de energia e evitar prejuízos com falhas e ineficácias durante o funcionamento do expediente.

6. Utilizar gerador de energia

Geradores de energia são hoje um dos principais aliados na busca por reduzir o consumo de energia nas empresas. Considerados equipamentos de alta performance, garantem o fornecimento contínuo de energia durante instabilidades e quedas energéticas.

Graças a estes equipamentos, há a possibilidade de se um ter maior controle durante apagões e também períodos de pico (onde há maiores tarifas), gerando, assim, uma economia considerável. Além disso, a economia também está presente na proteção aos equipamentos que poderiam ser danificados durante essas ocasionalidades.

Fale com o Whatsapp