Link-Belt celebra oito anos no Brasil

jul - 09
2019
link-belt-8-anos-brasil

Link-Belt celebra oito anos no Brasil

Para celebrar os 15 anos de atuação na América Latina e oito no Brasil, a Link-Belt realizou um evento no dia 24 de junho reunindo clientes, parceiros e imprensa para celebrar essas datas festivas.

As máquinas da marca chegaram ao país em 2011 por meio da LBX do Brasil, subsidiária da americana Link-BeltExcavator Company, empresa do grupo japonês Sumitomo.

Com uma unidade instalada em Sorocaba, SP, e por meio de distribuidores independentes espalhados pelo país, a empresa comercializa escavadeiras das séries Spin Ace, X2 e X3E.

Em 2019, a Link-Belt também celebra os quinze anos da venda da primeira escavadeira na América Latina, feita em Porto Rico, em 2004.

“Vale ressaltar que o espaço da marca no mercado cresceu consideravelmente com a instalação da unidade brasileira, que aos poucos assumiu a gestão dos negócios, vendas e dos serviços de marketing institucional e de produtos para toda a região latino-americana”, conta Matheus Fernandes, gerente geral dos negócios na América Latina.

Recentemente, afirma, a Link-Belt Brasil atingiu o marco de 500 escavadeiras vendidas em território nacional e na América Latina contabiliza mais de 1 mil equipamentos vendidos.

Durante o evento, foi apresentado aos presentes a nova série de escavadeiras X3E, que gradativamente substituirá as séries anteriores.

A nova série foi construída para atender às exigências do mercado da América Latina.

Segundo o executivo, a letra “E” foi incorporada como uma referência à “Evolução” e traz melhorias significativas quando comparada à já consagrada série X2.

Indo muito além da venda de escavadeiras, a Link-Belt se preocupa em oferecer um pós-vendas de qualidade, customizado para atender às necessidades de cada tipo de cliente e aplicação. Por esse motivo, o departamento de Suporte ao Cliente da companhia possui uma equipe de técnicos especializados e com amplos conhecimentos sobre os produtos, os motores ISUZU e aplicações. Além disso, a Link-Belt conta com distribuidores igualmente capacitados em diversos estados do país. “Nossa rede de distribuidores trabalha com metodologia, ferramentas e logística apropriadas para atender os clientes, contando sempre com um corpo técnico altamente treinado diretamente pela fábrica”, diz Guilherme Borghi, Gerente de Suporte ao Produto e ao Cliente da Link-Belt e responsável pelos treinamentos na Companhia.