Komatsu Forest lança uma nova ferramenta que ajuda a visualização do trabalho na floresta

jun - 04
2019
Komatsu Forest

Komatsu Forest lança uma nova ferramenta que ajuda a visualização do trabalho na floresta

MaxiVision uma ferramenta digital completamente nova que ajuda os operadores de máquinas florestais a visualizarem o estado e as condições da floresta. Diferentes visualizações de mapas apresentam para os operadores os dados sobre as condições do solo e a produção da equipe, permitindo planejar o trabalho da forma mais eficiente quanto possível e com o mínimo impacto na floresta. Uma vez que tudo está baseado na nuvem, as atualizações ocorrem em tempo real e quaisquer alterações são vistas de imediato na tela na cabine.

Com o MaxiVision o operador pode combinar mapas da área com os mais recentes dados sobre as condições do solo numa única imagem. Simultaneamente, o operador vê tanto os dados próprios de produção como os dos seus colegas – tudo atualizado em tempo real. A perspetiva sobre o trabalho é uma excelente ferramenta para o planejamento da produção e permite tomar decisões bem fundamentadas. O MaxiVision permite uma colaboração eficaz entre harvesters e forwarders, uma vez que cada membro da equipe pode ver o que os outros colegas estão fazendo.

Em termos práticos, isto significa que o operador do harvester pode simplificar as coisas para o operador do forwarder, por exemplo, planejando estradas de acesso adequadas, registro de estradas e depósitos que correspondam às condições atuais. Por seu lado, o operador do forwarder pode ver a produção em cada zona de trabalho, o que facilita a otimização do processo de baldeio e evita desvios desnecessários. Após a madeira ser encaminhada para a pilha na beira da estrada, o operador pode marcar a zona como completa, facilitando o acompanhamento.

O serviço MaxiVision não só oferece aos membros da equipe uma boa visão geral sobre o trabalho de cada elemento, como também facilita a comunicação entre operadores. Através do envio de mensagens ou da marcação de áreas particulares no mapa, a colaboração é melhorada, tal como os resultados. Esta insuperável integração entre harvester e forwarder fornece um fluxo de trabalho otimizado e uma produtividade aumentada.

O mapa, combinado com diferentes camadas de dados, fornece uma valiosa informação sobre as atuais condições do solo na área onde o trabalho de colheita está sendo desenvolvido. Os conhecimentos obtidos com o MaxiVision permitem uma derrubada e um baldeio com menos impacto no solo florestal, o que não só aumenta a qualidade do trabalho como ajuda a cumprir as exigências de danos mínimos no solo. Isto significa sustentabilidade a longo prazo.