Deere estreia o primeiro sistema GPS de motoniveladora sem mastros da indústria e adiciona novo conjunto de automação para reduzir a complexidade

ago - 20
2018
John-Deere_772GP-SmartGrade-Motor-Grader

Deere estreia o primeiro sistema GPS de motoniveladora sem mastros da indústria e adiciona novo conjunto de automação para reduzir a complexidade

Nesta segunda-feira,nos Estados Unidos, a John Deere apresentou o primeiro controle GPS SmartGrade sem montagem sobre os cilindros da indústria, para sua linha de motoniveladoras G-Series.

A primeira geração de sistemas de controle de máquinas GPS utilizava-se de dois mastros, normalmente com cerca de um metro de altura, aparafusados na posição vertical na borda superior da lâmina da lâmina ou na armação da lâmina. Os receptores em cima desses mastros então enviaram os sinais de GPS de volta para a cabine através de uma série de cabos enrolados.

O arranjo funciona, mas os mastros, cabos e componentes estão  expostos, em posição vulnerável no topo da lâmina e eram alvos de ladrões. Desmontar e armazenar os mastros era uma tarefa diária, e os danos causados ​​por galhos baixos eram um risco.

O arranjo sem mastro, substitui os receptores montados nos mastros e os cabos expostos, por dois receptores na parte superior da cabine, chamados de unidades de medição inercial (IMUs) no corpo da máquina e cilindros de detecção de posição que controlam a lâmina. Estes incluem os dois cilindros de elevação, deslocamento lateral circular, deslocamento lateral da lâmina e cilindros de passo. As informações de posicionamento desses componentes são comunicadas a um computador de bordo e executadas por algoritmos sofisticados para determinar a posição exata da lâmina em tempo real.

Os sensores de cilindros medem com precisão o comprimento em vez do movimento e com isso é possível calcular a posição da lâmina em milímetros. Ao ter todos os componentes internos dentro do cilindro, eles são protegidos contra danos externos e não precisam ser calibrados.

Os componentes se comunicam com a máquina sem fio e algoritmos sofisticados combinam as informações do receptor, IMUs e sensores de ângulo, para informar a um computador dentro da máquina exatamente onde a máquina e a aresta de corte da lâmina ou da lâmina no espaço, em tempo real.

Tal como acontece com os sistemas de mastro, estas coordenadas podem ser usadas para controlar a posição da lâmina automaticamente ou dar ao operador uma visão em tempo real na cabine da posição da lâmina em relação ao projeto.

A empresa anunciou também uma nova opção de conjunto de automação para seu sistema SmartGrade para todas as classes. O conjunto de automação reduz o número de controles que o operador monitora com recursos como a auto-articulação, que combina a direção frontal e a articulação traseira durante as inversões da lâmina, sem ter que manter o controle no final do passe. Você também pode ativar várias funções, como retorno-para-reta, mudança automática e luzes com um único botão.

A motoniveladora ainda é a rainha das máquinas e com a elevação da lâmina controlada pelo sistema GPS, os operadores são mais capazes de se concentrar em coisas como inclinação da lâmina, deslocamento lateral do círculo e rotação do círculo.

Fale com o Whatsapp