Linha amarela deve crescer este ano 12%, segundo Off-Highway Research.

ago - 13
2018
4machines

Linha amarela deve crescer este ano 12%, segundo Off-Highway Research.

A venda mundial de equipamentos de construção deverá aumentar 12% este ano, após o aumento de 27% observado em 2017. Assim, as vendas totais ficariam próximas a 1 milhão de unidades em 2018, gerando uma receita de mercado de cerca de US$ 99 bilhões. A análise é do estudo Global Volume & Value Service, da consultoria Off-Highway Research, que já está disponível para seus assinantes.

O estudo avalia que o investimento em infraestrutura continuará na China, aumentando a venda de máquinas de movimentação de terra em 31% este ano. Isto demandará 285,5 mil unidades, ou 325 mil se forem incluídas na conta os guindastes móveis e equipamentos de compactação. A China é, portanto, o maior mercado do mundo para equipamentos de construção em termos de volume.

O mercado de equipamentos de construção da Índia teria um aumento de 16% no ano. Ali, o mercado de máquinas de linha amarela conseguiria superar pela primeira vez a marca das 77 mil unidades, de acordo com o estudo, o que levaria o mercado indiano a um recorde de US$ 3,5 bilhões.

A América do Norte também deverá experimentar um forte crescimento na demanda por máquinas. A região deverá aumentar suas compras em 13%, alcançando quase 200 mil unidades. Por sua vez, a Europa projeta que seu mercado chegue a 165 mil máquinas.

A má notícia é que tanto o Oriente Médio como a América Latina continuam se mostrando muito fracos, mesmo com sinais de que o crescimento está retornando.

É esperado que as vendas mundiais de equipamentos no médio prazo se estabilizem na marca de 1 milhão de unidades anuais, com valor de varejo próximo aos US$ 100 bilhões.